Há uns tempos um amigo e leitor deste blog lançou-me um desafio: “Entra num site de um banco e vai tentar abrir uma conta poupança. Mas vai com olhos de gajo que não sabe nada disso. Ficas perdido.” Como um dos objetivos deste blog é discutir o que os leitores quiserem, vamos a isso.
Resultado de imagem para challenge accepted

Decidi então utilizar como exemplo a Caixa Geral de Depósitos, por ser um dos maiores bancos nacionais, com maior historial mas também por não ser cliente e por isso tornar-se mais fácil olhar para o site de forma menos enviesada.

A Home Page recebe-nos logo à partida com muita informação, mas se seguirmos a habitual leitura de cima para baixo encontramos logo a informação Particulares/Empresas. Vamos ignorar tudo o resto e assumir que todos somos particulares. Até agora tudo bem.

Entrar na opção de “Particulares” revela-nos um novo menu com todos os produtos disponíveis, especificamente um que diz “Poupança e Investimento”, que é o que pretendemos. Continua tudo muito simples e seguimos este caminho.

Infelizmente, a simplicidade termina aqui já que somos confrontados com uma quantidade considerável de produtos por onde podemos escolher e que incluem nomes como “DP Variável Mobilizável” e “Produtos Financeiros Complexos”. Logo aqui começo a perceber o desafio que foi lançado e, realmente, o quão fácil é sentirmo-nos perdidos. Mas adiante. O desafio foi “abrir uma conta poupança”, e havendo um menu de “Depósitos a prazo/Poupança” e um botão que diz “Ver todos” parece-me ser o caminho a seguir.

Aqui surge um grande problema. Arrisco dizer que é “O” problema apesar de não estar diretamente relacionado com o objetivo deste tópico. Acabámos de carregar num botão que é suposto levar-nos a todos os produtos de depósitos a prazo e poupança, mas a primeira informação que nos aparece bombardeia-nos com imagens convidativas de 4 produtos:

  • Fundimo – Fundo de Investimento Imobiliário
  • Caixagest Seleção Global Moderado – Fundo de Investimento Mobiliário Aberto
  • Caixagest Seleção Global Defensivo – Fundo de Investimento Mobiliário Aberto
  • Caixagest Ações Líderes Globais – Fundo de Investimento Mobiliário Aberto

Então mas… esperem! Não era suposto estarmos a ver a oferta de depósitos a prazo e poupança? Certo, era suposto. No entanto têm de fazer scroll down para ver alguns dos produtos desse género e têm até de vir até ao  final da página para os ver a todos. O primeiro impacto que têm é a aliciar-vos com outro tipo de produtos que, curiosamente ou não, também são destaque na área “Poupança e Investimento > Outras soluções > Fundo de Investimento”. Não vamos aqui discutir se o produto X é melhor que o Y, mas num país em que recentemente 2 em cada 5 portugueses não sabia quanto ganham se investirem 100€ a 2% por ano (fonte: 100 euros. 2% de taxa de juro. Dois em cada cinco portugueses falham nas contas) parece-me perigoso que a informação não seja clara e transparente. Se alguém está a visitar a página de depósitos a prazo, deve visualizar apenas a informação relativa a esse tipo de produtos. Para os senhores da Caixa Geral de Depósitos menos um ponto.

Seguimos então, literalmente, até ao final da página para encontrar o tipo de produtos que queríamos e que devia constar, na minha opinião, logo no início. A oferta é vasta, e cada uma cheia de informações diferentes numa enchurrada de termos mais ou menos perceptíveis.

Vamos então aos termos, e ao que cada um quer dizer:

  • Prazo: Duração do depósito. Aqui temos duas principais vertentes:
    • Mobilizável: Podem cancelar o “contrato” durante o decorrer do mesmo e nas condições que estiverem definidas. Por norma são definidos como “Mobilizável antecipadamente com penalização de juros”, ou seja, podem mexer a qualquer altura mas se mobilizarem antes do pagamento do juro perdem esse valor e recebem apenas o capital. Neste tipo de produtos, o vosso capital é sempre garantido, nem que seja pelo Fundo de Garantia de Depósitos que cobre até 100.000€ por depositante.
    • Não mobilizável: O contrário do ponto anterior, significando que terão obrigatoriamente de cumprir o prazo inicialmente definido. Por norma são mais bem remunerados mas é dinheiro com o qual não podem contar em caso de emergência, por isso atenção.
  • Pagamento dos juros: Frequência em que os juros são pagos. É também importante saber se os juros são creditados na conta à ordem, ou se “acumulam” no depósito, contribuindo assim para que o juro seguinte seja mais elevado. Um dia temos de falar dos efeitos do juro composto.
  • Renovável: Indica se no final do prazo há a hipótese de constituir novamente o depósito ou não. Por norma são contactados pelo banco perto da data final para confirmarem o que pretendem fazer.
  • Mínimo e máximo de constituição: Estes valores representam quais são os valores mínimo e máximo para poderem subscrever este produto.
  • Reforços: Valor que se pode, ou não, entregar no decorrer do depósito. Se não admitir reforços signifca que o valor inicial é estático e que só sobre esse irão receber juros. Em alternativa, se o produto for realmente interessante, podem simplesmente subscrever um novo.
  • TANB: Taxa Anual Nominal Bruta. Em resumo, o que recebem antes de entregar o imposto ao estado (por norma 28% mas depende de como fizerem os vossos IRS). Para saber quanto ganham efetivamente multipliquem o valor aplicado pela taxa e por 72% (de forma a deduzir o imposto que fica logo retido). Por exemplo, 1000€ a 1%/ano, a conta será 1.000 x 0,01 x 0,72 = 7,20€.

Para a constituição de um depósito a prazo ou conta poupança estes são os aspetos que, na minha opinião, são mais comuns e relevantes pelo que qualquer pessoa os deve ter bem presentes antes de subscrever um determinado produto.

A oferta deste tipo de produtos é enorme, e depois da lição bem estudada podem consultar a lista Melhores depósitos a prazo e fazer a vossa auto-avaliação assim como uma subscrição informada sobre o que o mercado está a oferecer. O site do Finanças Pessoais é uma das enciclopédias nacionais sobre este assunto com muita informação útil e um fórum cheio de discussão.

Até ao próximo artigo, fico ao dispor.

Anúncios